Número de casos de COVID-19 em Israel sobe para 8.430

O Ministério da Saúde confirmou domingo que o número total de casos de COVID-19 em Israel atualmente é de 8.430.
Uma mulher de 98 anos de idade, com várias doenças complexas, faleceu no domingo no Shaare Tzedek Medical Center, em Jerusalém, por complicações relacionadas ao coronavírus, aumentando o número de mortos no país de COVID-19 para 49.
Do número de pacientes, 139 pessoas estão em estado grave, incluindo 106 pacientes em ventiladores, enquanto 182 pessoas permanecem em estado moderado. Outras 7.515 pessoas apresentam sintomas leves e 546 fizeram uma recuperação completa.
Os hospitais estão tratando 763 pacientes, enquanto 5.234 pessoas estão combatendo o vírus em casa. Outras 744 pessoas estão atualmente em hotéis especialmente designados e 1.094 aguardam uma decisão sobre se serão tratadas.

Autoridades de saúde confirmaram no domingo que os cientistas israelenses desenvolveram um substituto para um material usado para analisar amostras em testes de coronavírus, dizendo que o novo avanço dará ao país mais duas semanas de testes

No domingo, uma mulher de 61 anos de idade foi internada no Wolfson Medical Center em Holon, um homem de 63 anos que foi hospitalizado no Hospital Hadassah Ein Kerem em Jerusalém
Outra fatalidade é Dalia Salmona, 84 anos, tratada no Soroka Medical Center em Be’er Sheva, após contrair o vírus no asilo Mishan, na cidade do sul, onde cinco outras vítimas do COVID-19 moravam. A instalação de vida assistida tem sido fortemente criticada por negligenciar os idosos residentes.

Traduzido do Ynetnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: