Netanyahu disse que reclamará com Zuckerberg que o Facebook está minando sua campanha

O primeiro-ministro Netanyahu telefonou hoje para o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, para reclamar que o gigante da mídia social estava agindo contra seus apoiadores nas recentes eleições de Israel, informou o Haaretz.

Citando fontes familiarizadas com o telefonema, o jornal diz que Netanyahu ligou para Zuckerberg para pedir que ele garantisse a imparcialidade da eleição e que agisse de maneira razoável e justa.

O relatório diz que Zuckerberg não abordou diretamente as alegações de Netanyahu, mas disse que a empresa estaria alerta ao assunto.

“Conversamos constantemente com líderes de todo o mundo e Mark reiterou que somos uma plataforma aberta para todas as idéias”, disse um porta-voz do Facebook em resposta.

Dias antes das eleições de setembro passado, o Facebook suspendeu temporariamente um chat operado pela conta oficial de Netanyahu por dizer que os legisladores árabes israelenses “querem nos aniquilar a todos”, uma violação de suas políticas de discurso de ódio.

No dia das eleições, o Facebook novamente suspendeu brevemente o chatbot por publicar informações sobre pesquisas, violando a lei eleitoral israelense.

%d blogueiros gostam disto: