‘Milagre’ no bairro Avraham Avinu de Hebron

Um árabe entrou na casa de um casal judeu no bairro Avraham Avinu, em Hebron, na sexta-feira de manhã. Os árabes fugiram quando o casal acordou.

O IDF e a polícia foram chamados ao local junto com as equipes de emergência. Dois árabes foram vistos ajudando o intruso e esperando do lado de fora da casa.

Os três suspeitos fugiram e as forças da IDF os perseguiram e os capturaram.

O casal da casa são os avós de Shalhevet Pass, o bebê judeu de dez meses que foi baleado e morto por um atirador de elite árabe enquanto estava sentado em seu carrinho de bebê em Hebron, em 2001.

Noam Arnon, porta-voz da comunidade judaica em Hebron, disse a Arutz Sheva: “Este é um evento sério que pode terminar em desastre. A família são os avós do Shalhevet Pass. Agradecemos ao Todo-Poderoso por esse milagre”.

“No entanto, a ação imediata da IDF deve ser reconhecida e bem-vinda. Medidas devem ser tomadas para evitar tais incidentes. A cidade velha está totalmente sob responsabilidade de Israel e nossa demanda é abri-la a uma presença judaica permanente”, acrescentou Arnon.

%d blogueiros gostam disto: