Atenção Siga-nos no Instagram SIGA-NOS

CoronaVirusIsraelNotícias

Israel entra em ISOLAMENTO TOTAL

2 Mins read

O governo deve estender o bloqueio nacional para o feriado da Páscoa pelo menos até o sábado à noite. As novas medidas de emergência destinadas a combater a disseminação do coronavírus devem entrar em vigor na terça-feira.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse na segunda-feira à noite que o bloqueio, que inclui um toque de recolher na véspera da Páscoa, durará até sexta-feira de manhã, mas agora parece que as medidas serão estendidas por mais um dia.

O gabinete deve se reunir na terça-feira para aprovar o esboço final das novas medidas de emergência, que incluem a proibição de viagens entre cidades a partir de terça-feira até sábado à noite.

Além disso, o tráfego nas cidades também pode ser ainda mais restrito, o que significa que os israelenses só poderão comprar comida nas lojas mais próximas de suas casas. Isso contrasta com as diretrizes atuais que permitem ao público estocar alimentos e medicamentos em lojas e farmácias, que podem não ser as mais próximas.

Além disso, devido ao toque de recolher em todo o país que deve ocorrer na noite do Seder, as lojas de alimentos e farmácias na quarta-feira fecharão algumas horas mais cedo do que o planejado originalmente. O rascunho aparentemente afirma que “das 14h de quarta-feira às 7h de quinta-feira, a compra de alimentos será proibida mesmo em comunidades predominantemente judaicas”.

O rascunho atual também aparentemente indica que todo o transporte público, exceto os táxis, será suspenso na terça-feira e será renovado apenas na sexta ou no sábado. A proibição de transporte público aparentemente também inclui vôos internacionais.

O rascunho continua dizendo que partes de bairros predominantemente ultraortodoxos em Jerusalém serão submetidas a restrições mais rígidas, com os moradores proibidos de deixar a área por completo.

Os bairros de Jerusalém em questão são: Har Nof, Bayit Vegan, Givat Mordechai, Ramat Shlomo, Sanhedria, Shmuel Hanavi, Beit Yisrael, Mea Shearim, Geula, Bucarim, Zichron Moshe, Ramot, Makor Baruch, Givat Shaul e Kiryat Moshe.

Netanyahu informou que o Ministério da Saúde vê uma desaceleração na expansão do COVID-19 e que existem “sinais positivos no horizonte”. Ele disse que o país está “fazendo planos para estratégias de saída”, mas que isso só ocorrerá após o feriado.

Traduzido do Ynet

Related posts
GeralIrãNotícias

Fotos de satélite mostram construção na usina nuclear de Natanz, no Irã

1 Mins read
O Irã começou a construção de sua instalação nuclear de Natanz, mostram imagens de satélite divulgadas na quarta-feira, assim que a agência… Compartilhe isso:TwitterFacebookCurtir isso:Curtir Carregando...
Eleições IsraelensesGeralIsrael

De acordo com a última pesquisa, Bennett será o próximo primeiro-ministro de Israel

1 Mins read
À medida que o tempo passa e a crise do Coronavírus pesa mais a cada dia sobre o governo e o público… Compartilhe isso:TwitterFacebookCurtir isso:Curtir Carregando...
CoronaVirusEconomiaIsraelNotícias

Novo lockdown vai custa prejuízo de 35 bilhões para a economia Israelense!

1 Mins read
A redução da atividade econômica como parte de um bloqueio mais rígido deve custar a Israel cerca de NIS 35 bilhões (mais… Compartilhe isso:TwitterFacebookCurtir isso:Curtir Carregando...
Power your team with InHype

Add some text to explain benefits of subscripton on your services.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: