PURIM HOJE: IRÃ DIZ QUE VAI DESTRUIR TÚMULOS DA RAINHA ESTHER E MORDECHAI

Imagina se fosse Israel destruindo as tumbas palestinas? O mundo ia se comover condenando Israel a morte. Hoje às 19:00 horário de Brasília teremos uma live com Yosi Stanislavski que mora em Israel e nos falará sobre o ocorrido e com comentários críticos.

Clique aqui, curta a página onde transmitiremos a LIVE

Segundo um relatório da Aliança Aram no Twitter, o regime iraniano ameaça transformar as tumbas de Mordechai Hatzadik e Esther Hamalka em uma embaixada palestina.

A Aliança Aram é um grupo que promove os direitos das minorias no Irã.

De acordo com outro relatório também emanado do Twitter, uma facção da Guarda Revolucionária conhecida como Basij, tentou invadir o local histórico em um ato de vingança contra o povo judeu por Trump anunciar seu plano de paz. Deve-se notar que Basij, fazendo parte do IRGC, é designado como uma “organização terrorista” pelos governos dos Estados Unidos, Bahrain e Arábia Saudita.

Os canais oficiais ainda não comentaram os relatórios, mas os relatórios causaram um alvoroço entre os apoiadores nas mídias sociais.

Os canais de mídia israelenses declararam que há planos de transformar o complexo, um patrimônio cultural declarado pela Unesco, em um complexo consular “palestino”. O Irã havia declarado o local como patrimônio nacional em 2008, mas depois retirou a declaração alguns anos depois, citando que os judeus celebravam Purim como um dia no qual massacraram iranianos.

Em 2011, a YWN informou que o rabino Yisroel Meir Gabey, um homem de Eretz Yisroel conhecido por viajar pelo mundo para tentar consertar Kevarim negligenciado, também visitou Kevarim no Irã – incluindo os Kevarim de Mordechai e Esther, o Kever de Chavakuk Hanavi, Daniel Hanavi e outros

%d blogueiros gostam disto: