Atenção Siga-nos no Instagram SIGA-NOS

Eleições IsraelensesIsraelNotíciasPolítica

Comm. ministro Hendel: não vou entrar no governo de direita com o Likud

2 Mins read

As declarações do ministro Derech Eretz aparentemente limitam as opções de Netanyahu nas contínuas tensões políticas com azul e branco.

Por: Jeremy Sharon | Jerusalem Post
Tradução: Maduah

YOAZ HENDEL: Qualquer coisa que não envolva a subsistência das pessoas é menos importante agora.
(crédito da foto: MARC ISRAEL SELLEM / THE JERUSALEM POST)

O ministro das Comunicações, Yoaz Hendel, do partido Derech Eretz, disse na segunda-feira que não se juntaria a um governo estreito e de direita liderado pelo Likud e abandonaria o partido Azul e Branco da coalizão.

Os comentários de Hendel acontecem enquanto a briga pelo orçamento de estado entre Likud e Azul e Branco continua se aquecendo, uma briga com potencial para levar a novas eleições se um orçamento não for aprovado até 25 de agosto.

Devido à disputa sobre a aprovação de um orçamento de um ou dois anos, surgiram relatos de que o Likud está buscando formar um governo de direita composto pelos dois partidos ultra-ortodoxos, Yamina, a facção Derech Eretz de Hendel, de dois MKs, e MK Orly Levy Abekasis, que é um membro solitário do Knesset.

Essa coalizão teria uma maioria absoluta de 61 MKs e significaria que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu poderia abandonar o partido Azul e Branco, que o está impedindo em várias arenas cruciais para seus interesses pessoais e políticos.

Falando na Rádio Kan na segunda-feira de manhã, Hendel disse, no entanto, que não se juntaria a esse governo.

“Há pessoas em [apoio a] Netanyahu que desejam eleições, mas as eleições seriam desastrosas para o Estado de Israel”, disse o ministro das Comunicações.

“Ir às eleições quando temos tantos cidadãos desempregados, quando lidamos com corona seria um desastre para o Estado de Israel e não deixarei que isso aconteça, ou qualquer truque desse tipo”.

Hendel disse que não tinha nenhum problema pessoal com o partido Likud, mas observou que é de opinião que um primeiro ministro não deveria servir como primeiro-ministro sob acusação e havia consentido em ingressar nesse governo para criar um governo de unidade após três eleições.

Pressionado várias vezes sobre se ele abandonaria um governo de unidade e se uniria a um governo de direita, Hendel disse: “Eu não irei com um governo estreito e de direita com o Likud”.

Continuou o ministro “O papel da direita orientada pelo estado neste momento é preservar o governo de unidade que eu, entre outros, sou responsável por formar … A única opção é fortalecer o atual governo e criar um orçamento para este governo, caso contrário, o Estado de Israel será prejudicado. ”

>>> APOIE O MADUAH <<<

Related posts
Eleições IsraelensesGeralIsrael

De acordo com a última pesquisa, Bennett será o próximo primeiro-ministro de Israel

1 Mins read
À medida que o tempo passa e a crise do Coronavírus pesa mais a cada dia sobre o governo e o público… Compartilhe isso:TwitterFacebookCurtir isso:Curtir Carregando...
CoronaVirusEconomiaIsraelNotícias

Novo lockdown vai custa prejuízo de 35 bilhões para a economia Israelense!

1 Mins read
A redução da atividade econômica como parte de um bloqueio mais rígido deve custar a Israel cerca de NIS 35 bilhões (mais… Compartilhe isso:TwitterFacebookCurtir isso:Curtir Carregando...
HIstóriaIsraelJerusalémJudaísmoJudéia & SamariaMundo JudaicoNotícias

Símbolo da dinastia davídica encontrado em Jerusalém: descoberta única na vida

4 Mins read
Eles não esperavam encontrar nada tão especial quando começaram a cavar perto do que agora é o calçadão Armon Hanatziv Compartilhe isso:TwitterFacebookCurtir isso:Curtir Carregando...
Power your team with InHype

Add some text to explain benefits of subscripton on your services.

%d blogueiros gostam disto: