Cessar-fogo entre Israel e a Jihad Islâmica parece se firmar após uma noite tranquila

O grupo terrorista da Jihad Islâmica disparou mais de 100 foguetes contra o sul de Israel desde domingo. Em resposta, Israel alvejou alvos terroristas da Jihad Islâmica na Síria e Gaza, eliminando três terroristas muçulmanos.

A maioria dos foguetes foi interceptada pelo sistema de defesa antimísseis Iron Dome. Não foram registradas vítimas de impactos diretos.

O Hospital Barzilai, em Ashkelon, informou que 21 pessoas foram tratadas como resultado dos ataques, 15 em estado moderado depois de cair enquanto corriam para abrigos contra bombas e 5 vítimas de ansiedade.

O sul de Israel ficou quieto no início da terça-feira, depois que um terrorista muçulmano disse que Israel e a Jihad Islâmica haviam alcançado um “cessar-fogo recíproco e simultâneo” mediado pelo Egito e pelas Nações Unidas.

“Esta rodada terminou e a resistência palestina [terroristas muçulmanos] prometeu ao seu povo [seus simpatizantes terroristas] que todo ato de agressão [retaliação] pela ocupação sionista [Estado de Israel] seria enfrentado por uma reação [um ataque terrorista] da resistência [do grupo terrorista] ”, disse Khader Habib, terrorista da Jihad Islâmica.

Você pode gostar...

%d blogueiros gostam disto: