Brasil designará o Hezbollah como organização terrorista

O Brasil “em breve” designará o Hezbollah como organização terrorista, disse o deputado Eduardo Bolsonaro ao Al Arabiya English no fim de semana.

Bolsonaro, que também é filho do presidente brasileiro Jair Bolsonaro, disse: “Dentro do governo, estamos debatendo sobre as maneiras de impedir que grupos terroristas venham ao Brasil. A Argentina reconheceu o Hezbollah porque eles tiveram dois ataques terroristas em 1992 e 1994. . “

Ele acrescentou: “Posso dizer que em breve faremos o mesmo, seguiremos a Argentina, declarando que o Hezbollah é um grupo terrorista”.

O Brasil também está considerando uma postura mais dura com os grupos terroristas Hamas, Al Qaeda e Boko Haram, disse Bolsonaro.

O Hezbollah tem várias células ativas na América do Sul, principalmente na Venezuela, onde o presidente Nicolas Maduro, um aliado do Irã, permite que a organização opere livremente e até transfira fundos para ela.

Em julho, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, elogiou as autoridades argentinas por designarem o Hezbollah uma organização terrorista e ordenarem o congelamento dos bens do grupo.

Em agosto, o governo do Paraguai anunciou que havia designado o Hezbollah e o Hamas como organizações terroristas, em uma ação elogiada pelas autoridades israelenses.

O ministro das Relações Exteriores, Yisrael Katz, elogiou a administração do presidente Mario Abdo Benítez pelo que ele descreveu como a “luta contra o terrorismo patrocinado pelo Irã”.

Fonte: Traduzido do IsraelHayom

%d blogueiros gostam disto: