50 cidadãos chineses deportados do Aeroporto Ben-Gurion devido a temores de coronavírus

Cinqüenta cidadãos chineses que chegaram a Israel na manhã de sábado da Rússia foram enviados de volta a Moscou por funcionários da Autoridade de População e Imigração do Aeroporto Ben Gurion.
Os funcionários seguiram as instruções emitidas pelo Ministério da Saúde devido ao surto de coronavírus na China continental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: